08/03/2011

Crédito da foto: os Kasper na Itália
Acabou nosso carnaval
ninguém houve cantar canções
Ninguém passa mais, brincando Feliz
e nos corações saudades e cinzas foi o que restou

Pelas ruas o que se vê
É uma gente que nem se vê
Que nem sorri, se beija e abraça
e sai caminhando,
Dançando e cantando cantigas de amor
No entanto é preciso cantar
mais que nunca e preciso cantar pra alegrar a cidade

A tristeza que a gente tem
Qualquer dia vai se acabar
Todos vão sorrir, voltou a esperança
E o povo contente da vida feliz a cantar
Por que são tantas coisas azuis
Há tão grades promessas de luz
Tanto amor par dar e que a gente nem sabe

(Vinicius de Moraes e Carlos Lyra - Marcha da Quarta-feira de Cinzas)


4 comentários:

FP disse...

Uma excelente ilustração destas palavras.
Desejo-lhe bom dia

Celia na Italia disse...

Texto e fotos perfeitos!

mfc disse...

E a vida prossegue indiferente às datas!!

Angela disse...

Olá Beth, emocionante texto! A foto ficou perfeita também! As máscaras sao iguais a que temos em casa, compramos em Verona! Lindas! Beijos e uma ótima semana.