24/09/2009

Fidelidade a toda prova

Feito uma sombra, ele me segue o dia inteiro. Enquanto estou aqui teclando, ele se acomoda na cadeira ao meu lado pra tirar uma soneca e não me perder de vista. Se saio daqui, salta da cadeira e lá vem ele atrás de mim! Este é Nicky Miranda Kasper que deve ter resolvido que sou eu a sua mãe. Carol é que não está gostando nadica desta opção pois é ela a dona do canino!



6 comentários:

mfc disse...

Que ternura!
Dão-nos muito mais do que alguma vez lhes daremos.

Marcelo Amorim disse...

Liz e mfc, de tanto conviver com meus cães e gatos acabei formulando uma pequena teoria. Acho que podemos tentar aprender com os bichos a nos concentrarmos mais nas pessoas e nas coisas que amamos. Eles têm a nós e são felizes; nós queremos ter o mundo, daí acabamos dispersando e desperdiçando boa parte dos nossos sentimentos. Por aí.

Celia na Italia disse...

Beth
Que fofura!
A Eduarda adoraria fazer um carinho.
Ainda bem que vc and muito bem acompanhada em AM :)
Um beijo

(l' excessive) disse...

Marcelo!
com certeza tens razão quando dizes que "eles têm a nós e são felizes" e isto lhes basta. Nossa ansiedade de sempre querer mais não aprendemos com eles. Isto é fato.
Sua teoria tem "sustÂncia"!!

(l' excessive) disse...

Célia!
O que me preocupa é o que vai ser quando me for daqui...
Que vai ser deste cãozinho??? que vai ser de mim????
:o(

Marcelo Amorim disse...

Minha outra teoria: não pensa no que vai ser, pensa no que está sendo, embora eu mesmo, reconheço, pense o tempo todo no que vai ser.