23/08/2009

Voltar ao passado


Às vezes somos surpreendidos com preciosidades como é o caso deste copo, datado da década de 1930 que encontrei guardado na casa paterna. Um mimo, um brinde de final de ano (quem sabe) dado aos clientes do meu avô José Kasper Filho, que mantinha um armazém onde vendia de tudo. Desde alimentos até tecidos. Minha surpresa maior foi constatar que já naquela época a técnica de jatear vidro era usada com habilidade invejável como a foto mostra.




5 comentários:

mfc disse...

Gosto de objectos datados que nos evocam outros tempos... outras pessoas!

Marcelo Amorim disse...

Sou fã de copos, Liz, tenho alguns bem interessantes, mas nada parecido com esse que você encontrou. Linda peça.

Lina Faria disse...

Belo copo e bela luz da foto, Liz.
bjs, lina

anareis disse...

Querida(o) nova(o) amiga(o), estou precisando muito de novos amigos pra me auxiliarem no meu projeto. Estou criando uma minibiblioteca comunitária e outras atividades pra crianças e adolescentes na minha comunidade carente aqui na minha comunidade carente no Rio de Janeiro,eu sózinha não conseguirei,mas com a ajuda dos amigos sim. Já comprei 120 livros e também ganhei livros até de portugal dos meus amigos dos meus blogs:Eulucinha.blogspot.com ,se quiser pode visitar meus blogs do google,ficarei muito contente. A campanha de doações que estou fazendo pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 ou pode doar livros ou pode doar máquina de costura ou pode doar retalhos,ou pode doar computadores usados. Qualquer tipo de doação será bemvinda é só mandar-me um email para: asilvareis10@gmail.com , eu darei o endereço de remessa. As doações em dinheiro serão destinadas a compra de livros,material de construção,estantes,mesas,cadeiras,alimentos,etc. Se voce puder arrecadar doações para doar ao meu projeto serei eternamente grata. Muito obrigado pela sua atenção.

Celia na Italia disse...

Beth
Que barato este copo que vc encontrou na casa da Dna Amélia. Caso tenha mais algum por lá e não tenha interessados, pode guardá-lo para mim.
Ele ficará num lugar muito especial junto com as lembranças das nossas viagens. Até pq quantas viagens lindas ele já deve ter feito?! Quantas lembranças devem ter passado por esta luz?!
Um beijo