08/08/2009

Crédito da foto: Mariana Job Kasper


Lilica Libania, do olhar doce
(para Marcelo Amorim)

Uma linda cachorrinha que andava procurando quem a adotasse, perambulando pelas ruas de Lajeado, no RS. Teve a sorte de cruzar pelo caminho de meu irmao Ricardo, cachorreiro juramentado, que se tomou de amores por ela logo que a viu. Enfiou a falsa-panda no carro, levou-a ao veterinario para consulta, a uma Pet, logo depois e, enfim, levou-a para casa, onde ela vive feliz e agradecida. Sim, porque Ricardo jura que ela o encara tooooodo santo dia com um olhar de Muuuuuito Obrigada.






4 comentários:

mfc disse...

E tomou-se muito bem de amores!

Don Suelda disse...

Liz:

Você está tão perto e ao mesmo tempo tão longe.
Grande e fraterno abraço!

Marcelo Amorim disse...

Putz, ela é demais! Tô desconfiado de duas coisas, Liz. A primeira é que a Lilica é um panda autêntico, falsos são aqueles lá da China. A segunda coisa que desconfio é que ela olha pro seu irmão esperando que ele agradeça por ela ter cruzado o caminho dele. E tenho certeza de que ele agradece, porque como bom cachorreiro que é, ele sabe que um bicho é sempre um presente pra gente. Por falar em presente, fico muito grato a você pela dedicatória de tão lindo post, Liz. Bom demais conhecer histórias assim, saber que mais um bicho deu a sorte de adotar a pessoa certa ;-)

(l' excessive) disse...

Marcelo!
Tens razão quando dizes que Sào eles que nos escolhem...
E Lilica não deve ter feito diferente.